Ibermuseus e ICCROM publicam Guia de Gestão de Riscos para o Patrimônio Museológico em espanhol e português

Publicação é fruto de uma cooperação entre os dois organismos que atuam pela preservação de bens culturais

O Programa Ibermuseus e o Centro Internacional de Estudos para a Conservação e a Restauração dos Bens Culturais (ICCROM) publicam a tradução ao espanhol e ao português do Guia de Gestão de Riscos para o Patrimônio Museológico, editado originalmente em inglês e árabe pelo ICCROM e o Instituto Canadense de Conservação. Realizado no marco de um memorando de cooperação assinado entre ambas as instituições, este é o primeiro passo de uma promissora colaboração que em breve entregará ao setor novas ferramentas, documentos e investigações relacionadas à preservação, conservação e gestão do patrimônio cultural.

O Guia de Gestão de Riscos para o Patrimônio Museológico, ilustrado com exemplos e imagens, apresenta uma série de riscos comuns que ameaçam o patrimônio museológico e oferece aos profissionais as prioridades de ação e os insumos necessários para a elaboração de planos de intervenção que permitam sua mitigação. O material servirá de apoio para que profissionais e instituições, com acervos museológicos sob sua responsabilidade, possam planejar e implementar políticas e planos de preservação e segurança para suas coleções.

A tradução do guia ao espanhol e ao português é uma contribuição do Programa Ibermuseus para ampliar o acesso dos trabalhadores do setor museal ibero-americano aos métodos de identificação e avaliação de ameaças aos que possam estar suscetíveis seus museus.

“Oferecer às instituições museológicas ibero-americanas ferramentas para uma gestão eficiente de seu patrimônio é uma prioridade para o Ibermuseus. Desde sua criação, o Programa vem desenvolvendo ações de divulgação, circulação de conhecimento, informação, capacitação, além de apoiar diretamente a instituições afetadas por situações de risco”, afirma a presidente do Programa Ibermuseus, Magdalena Zavala Bonachea.

A versão original em inglês foi produzida graças à iniciativa do ICCROM-ATHAR e ao apoio do Governo de Sharjah-EAU. Na presente versão, o texto original foi adaptado para enfocar mais especificamente os acervos museológicos do contexto ibero-americano.

A tradução deste Guia se enquadra nas ações da Mesa Técnica da Linha de Apoio ao Patrimônio Museológico em Situação de Risco do Programa Ibermuseus, e contou com o apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento – AECID.

Boa leitura!

Guia de Gestão de Riscos para o Patrimônio Museológico (Português)

Guía de Gestión de Riesgos para el Patrimonio Museológico (Espanhol)