Plataforma digital facilita a inscrição no 8º Prêmio Ibero-americano de Educação e Museus

A edição 2017 do Prêmio Ibero-americano de Educação e Museus tem uma nova plataforma de inscrição. A partir deste ano, todo o processo pode ser feito online, por meio do link Convocatórias do Portal Ibermuseus. A mudança foi pensada para facilitar a participação das instituições interessadas. O edital está aberto até o dia 25 de maio.

Premio Iberoamericano de Museos-WEB-370x245

O procedimento é simples. Basta que a instituição candidata, por meio de seu responsável, crie uma conta de usuário (email e senha) para acessar a página, ler o edital e iniciar a inscrição do projeto. A plataforma digital está disponível em espanhol e em português.

Como nas edições anteriores, o prêmio se divide em duas categorias: Categoria I – Projetos realizados ou em andamento; e Categoria II – Fomento a projetos em fase de elaboração e/ou planejamento. A instituição candidata poderá se inscrever nas duas categorias distintas, ou com mais de uma inscrição por categoria, desde que com diferentes projetos.

Na plataforma online, devem-se preencher todos os campos e subir os documentos indicados. Não é necessário cumprir todas as etapas de uma só vez. Pode-se gravar a solicitação para, em outro momento, concluir o processo de inscrição.

Para concorrer, as instituições devem ter caráter cultural, educativo ou afim, além de estarem ligadas à administração pública (municipal, regional ou nacional) ou serem empresas privadas sem fins lucrativos. Para mais informações, consultar a convocatória disponível em nossa página. Diante de qualquer dúvida, entrar em contato por meio do email: convocatorias@ibermuseus.org.

53 projetos reconhecidos desde 2010

O Prêmio, realizado anualmente pelo Ibermuseus desde 2010, busca reafirmar e ampliar a capacidade educativa dos museus e do patrimônio cultural como estratégias de transformação da realidade social. Ao longo de sete edições, foram reconhecidos 53 projetos de 12 países, que se caracterizaram pelo comprometimento social com as comunidades, por promover a diversidade e o encontro intercultural, assim como o desenvolvimento sustentável.

Além desses, outros 92 projetos receberam menção honrosa e estão disponíveis para consulta no Banco de Boas Práticas em Ação Educativa, também disponível no Portal Ibermuseus.

O processo de avaliação das propostas é realizado em duas etapas: a primeira pelas Comissões Nacionais e a segunda por um Comitê Especial de Seleção, formado por especialistas em educação e museus dos países membros do Comitê Intergovernamental do Ibermuseus.

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Aberta a convocatória para o 8º Prêmio Ibero-americano de Educação e Museus

Cátedra Viva – A luta pela preservação do patrimônio ceramista

No Museo de las Escuelas, na Argentina, a participação do público é o centro das exposições

Jovem Explorador, um exemplo para os museus pequenos da Ibero-América