Museu Mapuche, no Chile, é destaque em Os Museus da Ibero-América

Ibermuseus apresenta o novo episódio da série Os Museus da Ibero-América, que leva o público a uma visita pelo Museu Mapuche de Cañete, na região de Cañete, Chile.

Realizado em parceria com a Televisão Educativa Ibero-Americana (TEIb), o vídeo (de aproximadamente seis minutos), apresenta imagens do museu enriquecidas com animações e obras de exposições permanentes e temporárias, que ilustram a narrativa da sua história. Juana Paillalef, diretora da instituição, apresenta a estrutura do Museu, criado em 1969 com o objetivo de coletar, conservar e divulgar o acervo mapuche, doado por particulares e, também, adquirido por meio de projetos de resgate realizados pela Direção de Bibliotecas, Arquivos e Museus do Chile (Dibam).

O Museu Mapuche abriga uma estrutura que inclui, além das obras em exposição, uma biblioteca, uma loja, uma sala multiuso e uma Ruka – casa mapuche aberta à visitação do público. “Fazemos aqui diferentes atividades, como seminários, apresentações, capacitações de professores e, também, de incorporação do Museu em rotas turísticas”, explica a diretora. De acordo com Juana Paillalef, desde que assumiu a direção da instituição, em 2001, conseguiu realizar uma de suas maiores metas: “Trabalhar com a comunidade me interessa muitíssimo. As histórias das pessoas, suas opiniões, sejam boas, más, bonitas ou feias -, tudo para que possamos continuar servindo a população”.

Atualmente, o Museu mantém viva a memória deste povo, que está atuante e determinado a reconstruir o seu próprio mundo, para que, então, comece a projetar seu futuro. No entanto, deve-se considerar a realidade atual dos mapuche, cuja cultura deve ser honrada.

Cultura Mapuche – O povo mapuche, chamado também de araucano, são um grupo de habitantes indígenas do centro-sul o Chile e do sudoeste da Argentina. A cultura mapuche constitui um amplo grupo étnico composto de vários grupos que partilhavam uma estrutura social comum, religiosa e econômica, bem como um patrimônio linguístico comum. Sua influência se estendeu entre o rio Aconcágua e o arquipélago de Chiloé, e depois, do leste até os pampas da Argentina. Os mapuches representam cerca de 4% da população chilena e estão concentrados principalmente na região de Araucanía, mas também na capital, Santiago do Chile, devido à emigração araucana.

Os Museus da Ibero-América chega ao seu 16º episódio, constituindo uma autêntica mostra da riqueza e da diversidade dos museus da região. A série é exibida no Canal Cooperación Iberoamericana.