Historiadores, curadores e artistas têm até o próximo sábado 15 para apresentar propostas a conferência internacional em Lisboa

 A conferência “Através, Desde, Para a América Latina. Redes, circulações e trânsitos artísticos dos anos 1960 à atualidade” será realizada em 27 e 28 de novembro

O grupo “Transnational Perspectives on Contemporary Art”, o projeto “Arte numa perspectiva global” e o projeto “Decentralized Modernities: art, politics and counterculture in the transatlantic axis during the Cold War/ MoDe(s)”, juntamente com o programa Lisboa Capital Ibero-Americana da Cultura 2017, convidam historiadores de arte, curadores e artistas a apresentar propostas de comunicação para a conferência internacional.

Pretende-se que as comunicações incidam sobre o tema em análise, sugerindo-se os seguintes tópicos para orientação:

  • Papel de diversas formas de deslocação na construção da contemporaneidade artística na América Latina e além;
  • Interligação entre enquadramento local e conectividade, entre habitação e circulação, entre enunciação presente e revisitação do passado;
  • Análise de projetos artísticos e de curadoria que incidam no tema em análise;
  • Exploração de trânsitos e circulações sul-sul entre América Latina, Sul de Europa, África e Ásia.
  • Interconexões entre redes artísticas e movimentos sociais e políticos desde a Guerra Fria.
  • Análise de como as redes artísticas e culturais interferiram com (ou participaram em) a geopolítica da Guerra Fria e da globalização.

As propostas devem ter o máximo de 400 palavras para comunicações de 20 minutos, e ser acompanhadas de uma breve biografia (150 palavras), e enviadas ao email americalatinaconferencia2017@gmail.com até o dia 15 de julho. Mais informações em: http://americalatinaconferenciainternacional2017.weebly.com/call-for-papers.html