Abertas as solicitações ao Fundo para o Melhoramento Integral de Museus do Chile

Até 27 de abril, os museus chilenos que não recebem financiamento do Estado e cujos dados no Registro de Museus do Chile estejam completos podem participar da convocatória

Estão disponíveis as regras de participação para a convocatória 2018 do Fundo para o Melhoramento Integral de Museus (FMIM), que coordena o Sistema Nacional de Museus (SNM), do Serviço Nacional do Patrimônio Cultural do Chile.

O programa conta com um orçamento máximo de $875.875.000 (oitocentos e setenta e cinco milhões oitocentos e setenta e cinco mil pesos) e financiará iniciativas em três categorias: equipamento museográfico (equipamento técnico especializado e mobiliário para museus, excetuando equipamento de oficinas); valorização de coleções patrimoniais (inventário, documentação, conservação preventiva, embalagem) e capacitação em território nacional dos trabalhadores de museus.

A convocatoria do FMIM considera exclusivamente os museus que não recebem financiamento direto do Estado e que se encontrem adequadamente inscritos no Registro de Museus do Chile (RMC) no momento da postulação.

Consultas sobre o regulamento podem ser feitas até quarta-feira, 4 de abril, por meio do e-mail postulacion@fondomuseos.dibam.cl. As solicitações devem ser realizadas fisicamente no escritório do Sistema Nacional de Museus (Recoleta 683, Santiago), até o dia 27 de abril.

O FMIM é um dos instrumentos propostos na Política Nacional de Museus do Chile, e seu objetivo é colaborar com o melhoramento das condições físicas, técnicas e de gestão dos museus, de forma que possam entregar melhores serviços à comunidade, causando impactos positivos em seu entorno e beneficiando a qualidade de vida das pessoas.

Fonte e foto: Subdirección Nacional de Museos de Chile