10 anos da Declaração de Salvador. Museus e Transformação Social: MAIS CAPACITAÇÃO

Pensar no desenvolvimento e fortalecimento dos museus significa pensar no trabalho que desenvolvem diariamente as pessoas responsáveis de manter e garantir seu funcionamento adequado, o acesso e o desfrute do patrimônio cultural.

Conscientes que a atualização dos profissionais que atuam no setor é fundamental para manter qualquer museu ativo, em condições de receber o público e oferecer informação da maneira mais adequada, o Programa Ibermuseus investe, desde 2011, em uma linha de trabalho específica para a promoção de Formação e Capacitação.

Desde então, desenvolve de maneira permanente atividades com o objetivo de fomentar políticas públicas no campo; promover a qualificação dos trabalhadores; e fortalecer a articulação interinstitucional e o intercâmbio de experiências na Ibero-América.

Esse amplo programa inclui uma convocatoria de bolsas – as Bolsas Ibermuseus de Capacitação, destinadas a profissionais de instituições museais, cuja atual convocatória segue aberta até março de 2018 – e atividades transversais e regionais, que agregam diferentes países em torno de problemáticas específicas.

Desde 2011, o Programa de Formação e Capacitação do Ibermuseus realizou cursos de capacitação na Cidade do México, em Madri, em Montevidéu e em Havana, beneficiando 71 trabalhadores do setor museal de 22 países ibero-americanos.

Nesta semana, de 26 a 29 de setembro, ocorre o curso regional sobre Registro, Inventário e Catalogação, em Lima, Peru, com enfoque nos países da Zona Andina – Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela -, com a participação de 24 profissionais, os capacitando em um dos trabalhos mais complexos da gestão das coleções de museus.

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

10 anos da Declaração de Salvador. Museus e Transformação Social: + COOPERAÇÃO