Profissionais de 12 países definem o plano de atuação do Ibermuseus para 2019

De 15 a 18 de outubro de 2018, mais de quarenta profissionais de 12 países da região ibero-americana estiveram reunidos na primeira edição da Semana Ibermuseus para definir as prioridades do Programa para os próximos anos. Divididos em quatro mesas técnicas – Patrimônio, Formação e Capacitação, Sustentabilidade e Observatório Ibero-americano de Museus –, esses especialistas revisaram os objetivos de cada linha de ação para estabelecer as metas do Programa para os próximos anos.

Foram quatro dias de intensos debates na Casa Nacional del Bicentenario, em Buenos Aires, nos quais os membros das mesas avaliaram as ações desenvolvidas nos 10 anos de atuação do Programa, buscando reestabelecer as estratégias para que o trabalho alcance um número ainda maior de museus e profissionais, além de fortalecer as políticas públicas para o setor nos países.

A Semana Ibermuseus foi a primeira vez que as reuniões das mesas técnicas foram realizadas todas ao mesmo tempo. Os representantes das linhas de ação trocaram informações e buscaram estabelecer projetos em conjunto para que Ibermuseus promova ações cada vez mais transversais.

Foi determinado que o Programa promova iniciativas de pesquisa para a compreensão da diversidade museal da Ibero-América e seus processos museais; identifique e desenvolva ferramentas e indicadores para a melhoria da gestão dos museus; fomente ações de formação e capacitação para os profissionais; impulse projetos com perspectiva de proteção ao patrimônio e de sustentabilidade para fortalecer a gestão museal; e difunda o conhecimento produzido e adquirido pelo trabalho das mesas técnicas.

Neste marco, foram identificadas as formas de atuação necessárias para cumprir os objetivos, os atores que devem estar envolvidos, os prazos e os recursos financeiros.

“Ibermuseus nasceu da reflexão e nunca deixou de pensar”, comentou Enrique Vargas Flores, coordenador do Espaço Cultural Ibero-americano. “Por isso, uma reunião como essa realizada em Buenos Aires é fundamental para o Programa seguir apresentando recursos para o desenvolvimento da comunidade museal da região”.

No último dia das reuniões das mesas técnicas, o Secretário de Governo de Cultura da Argentina, Alejandro Pablo Avelluto, estevo presente na plenária que reuniu os membros de todas as mesas e felicitou o trabalho realizado por Ibermuseus, destacando a importância da cooperação para o avanço das políticas para os museus em todos os países.

Nesta sexta-feira, 19, se reúne o Conselho Intergovernamental do Programa Ibermuseus para debater a execução dessas ações. A Semana Ibermuseus é um passo fundamental no processo de renovação do Programa, iniciado com uma nova identidade visual e marcado por uma série de iniciativas de aproximação ao setor.

Juntos e conectados vamos mais longe.

 

 

Fotos: Gustavo Marcondes/Programa Ibermuseus

  1. Mesa de Formação e Capacitação
  2. Mesa de Sustentabilidade
  3. Mesa do Observatório Ibero-americano de Museus
  4. Mesa de Patrimônio