Programa de Formação e Capacitação

Coordenação: México (INBA – INAH – CONACULTA)

O Programa de Formação e Capacitação do Ibermuseus tem o objetivo de desenhar, implementar e promover ações específicas para o fomento de políticas públicas sobre processos formativos e de capacitação na área de museus da Ibero-América. A ação busca impulsionar a qualificação dos trabalhadores de museus e fortalecer a articulação interinstitucional e o intercambio de experiências nesse campo, por meio do estabelecimento de vínculos institucionais na região e da integração das experiências de outros programas de cooperação. Desta forma, desenvolve-se acordos de formação acadêmica com universidades, museus e centros de investigação, com vistas a difundir amplamente os produtos gerados pelo Programa.

A linha de ação é operacionalizada por meio de uma Mesa Técnica que se reúne uma vez ao ano, composta por representantes do Brasil, Cuba, Equador, Espanha, México, Panamá, Portugal e Uruguai, com a coordenação do México. A Primeira Reunião da Mesa Técnica foi realizada em Brasília-Brasil, em abril de 2014; e a Segunda Reunião da Mesa Técnica foi realizada na Cidade do México, em maio de 2015.

Programas de Formação: São experiências de aprendizagem universitária cujo resultado seja a obtenção de um título de bacharelado, mestrado ou doutorado.

Programa de Capacitação: São experiências de aprendizagem complementares cujo resultado seja a obtenção de uma certificação de atualização de conhecimentos em um campo de conhecimento específico (cursos, oficinas, seminários, etc.).

Objetivos: Fomentar e fortalecer as políticas públicas sobre formação y capacitação em museus para a Ibero-América; Promover a qualificação dos trabalhadores de museus da Ibero-América com cursos de formação e capacitação técnica; e Favorecer a articulação interinstitucional e o intercambio de experiências de formação e capacitação para o fortalecimento do Espaço Cultural Ibero-Americano.

Modalidades: Cursos, seminários e/ou oficinas específicas sobre temas prioritários para um país, sub-região ou região; Atividades transversais sobre um tema de interesse geral para os 22 países ibero-americanos; Mobilidade de técnicos e profissionais para a participação em cursos de capacitação e realização de práticas em museus e instituições afins; e Mobilidade de estudantes e docentes para a realização de práticas e pesquisa em museus ou instituições afins.

Temáticas e áreas de interesse: Patrimônio museológico (inventários, registro e documentação de coleções, normatização, novas tecnologias); • Gestão de riscos (conservação, restauração, planejamento em gestão de riscos, novas tecnologias); Pesquisa museológica (curadoria, gestão e planejamento de exposições, educação e comunicação, museografia); e Função social (diversidade cultural, enfoque de direitos, discurso de gênero, diferentes capacidades).

Ações:

– Conteúdo do curso