Curso de Gestão de Coleções Museais: manejo e procedimentos básicos

As linhas de Formação e Capacitação, e Patrimônio em Risco, do Programa Ibermuseus, promoverão, de 23 a 27 de maio, em Montevidéu (Uruguai), a segunda edição do Curso de Gestão de Coleções Museais: manejo e procedimentos básicos em matéria de conservação, digitalização e segurança, em colaboração com o Mercosul Cultural e a Unasul. Para o curso, serão convidados representantes dos países membros das duas instâncias (Argentina, Brasil, Paraguai, Venezuela, Bolívia, Uruguai, Chile, Equador, Peru, Colômbia, Suriname, Guiana). A iniciativa é destinada aos profissionais de museus desses países e terá como objetivos fornecer conteúdo específico para conceituar e realizar práticas de gestão de coleções museológicas, seu manejo e procedimentos básicos relacionados a conservação, digitalização e segurança, bem como buscar a melhoria dos procedimentos associados à gestão das coleções nos museus.

O curso será ministrado por instrutores provenientes do México, Espanha e Uruguai.

María de la Cerca González Enriquez | Espanha
Departamento de Patrimônio/Documentação
Museu Nacional e Centro de Investigação de Altamira
Ministério de Educação, Cultura e Esporte
Licenciada em Antropologia e Etnologia da América, desenvolveu sua carreira museológica no Museu Nacional de Antropologia e no Museu da América, dedicando-se ao estudo das coleções provenientes das culturas do oceano pacífico. Desde 2005 é Técnica na Subdireção Geral de Museus Estatais, do Ministério de Educação, Cultura e Esporte, sendo responsável pelo Departamento de Documentação das Coleções do Museu de Altamira. O trabalho desenvolvido desde então, vem sendo encaminhado ao registro e inventário de coleções e sua inclusão na aplicação DOMUS, o Sistema de Gestão Museográfica do Ministério de Cultura espanhol, o que permite a visualização dos acervos dos principais museus espanhóis nas plataformas CER.es e Europeana.

Lourdes Gallardo Parrodi | México
Museo del Templo Mayor (MTM), do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH)
Licenciada em restauração (Escola Nacional de Conservação, Restauração e Museografia – ENCRyM, Instituto Nacional de Antropologia e Historia – INAH, México), mestre em museologia pela mesma instituição e doutora em estudos mesoamericanos (Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade Autônima do México), cuja tese foi recentemente reconhecida com menção de honra no Prêmio INAH Paul Coremans. Desde 1994 trabalha como restauradora-perito no Museu do Templo Mayor, dirigindo de 2000 a 2005 o departamento de restauração. Atualmente colabora na conservação de materiais arqueológicos desde a sua descoberta até a sua preservação e exibição, assim como trabalhos de conservação e montagem de objetos em exposições nacionais e internacionais. Desde 2008 é professora titular de preservação patrimonial no mestrado em museologia da ENCRyM-INAH, onde recentemente abriu a linha de pesquisa sobre conservação preventiva.

Ana Peniche | México
Hemeroteca Nacional de México, Universidade Nacional Autônoma do México.
Licenciada em Restauração pela eEscola Nacional de Conservação, Restauração e Museografia – ENCRyM, Instituto Nacional de Antropologia e Historia – INAH, México. Mestre em Desenho Industrial pela Universidade Nacional Autônoma do México. É técnica Acadêmica na Hemeroteca Nacional do México, onde desempenha as funções de diagnóstico e estabilização de imóvel e mobiliário, e acervo hemerográfico. Professora de conservação preventiva na pós-graduação em Museologia da ENCRyM-INAH. De 2013 a 2013 trabalhou como restauradora de materiais bibliográficos na Coordenação Nacional de Conservação do Patrimônio Cultural (CNCPC) do INAH.

Javier Royer | Uruguai
Licenciado em Ciências Antropológicas (Universidade da República, Uruguai) e Mestre em Museologia (Universidade de Valladolid, Espanha, bolsista da Fundação Carolina). Docente na Faculdade de Humanidades e Ciências da Educação (de 2006 a 2010). Em 2010 assumiu a coordenação do projeto Sistema Nacional de Museus o Uruguai, integrando as equipes que elaboraram a lei de museus e o sistema nacional de museus e o desenho e implementação da plataforma digital de coleções museológicas MESTIZA (Uruguai), assim como a implementação de atividades de capacitação de pessoal dos museus de todo o país. Atualmente se encarrega da coordenação geral dos museus geridos pelo Ministério de Educação e Cultura do Uruguai. Coordena o Comitê de Museus do Mercosul e representa o Uruguai no Comitê Intergovernamental do Programa Ibermuseus.